SECRETÁRIO DE TECNOLOGIA DO TSE É DENUNCIADO NA PF

O Secretário de Tecnologia de Informação do TSE, Giuseppe Janino, responsável pelas famigeradas urnas eletrônicas brasileira, foi denunciado na Polícia Federal de Brasília, pelo crime de falso testemunho em audiências promovidas pela Câmara dos Deputados e Senado Federal, podendo ser enquadrado no Art. 342 da Lei 10.268/2001.

A denúncia foi protocolada no início do mês de junho/2018 pelo Grupo Convergências, que congrega mais de 100 movimentos civis, e tem como alvo as mentiras que foram ditas, principalmente, envolvendo a empresa SMARTMATIC (empresa venezuelana que controla eleições), onde Giuseppe afirmou que a empresa teria sido contratada pelo TSE para transportar urnas eletrônicas, o que foi contestado veemente pela Dra. Maria Aparecida Cortiz, especialista em fraudes eleitorais, que afirmou que a SMARTMATIC foi flagrada, fazendo carga de software nas urnas, o que difere em muito o objeto do contrato.

Outra denúncia oferecida foi sobre o software Inserator, que foi achado em várias urnas na cidade de Londrina-Pr, nas eleições de 2012 e que faz o papel de permitir que alterações sejam realizadas nas urnas. Giuseppe também mentiu para o Senador Lasyer Martins, dizendo que as urnas não estariam aptas à impressão do voto, sendo que 450 mil urnas já contavam com saídas para módulos impressores, conforme determinação do ex-ministro Ayres Brito, quando Presidente do TSE.

O processo entregue à PF, incluiu notas taquigráficas, atas das audiências, além de material audiovisual.

GIUSEPPE 2

Related posts